Significado de Conjunção


O que é Conjunção



Conjunção é classificado como um substantivo feminino. O termo vem do Latim conjunctus, que significa “unido, ligado”, que é particípio passado de conjungere, que quer dizer “colocar com, junto de”.

O que é Conjunção:

Conjunção significa ligação, união, junção. A explicação dada é que, quando fala-se de forma gramatical, representa a palavra que não varia e que tem a função de ligar termos ou orações que possuem a mesma função gramatical.

O significado de Conjunção é, portanto, o elemento que irá reunir as partes de um todo em uma oração.

Por exemplo:

“Gosto de jogar futebol e de natação.”

“Está um dia ensolarado, mas ainda está frio.”

Nos exemplos acima, pode-se reparar que a palavra “e” está ligando as duas orações (gosto de jogar futebol; de natação) e na segunda frase, a função ficou para a palavra “mas”.

Pode-se encontrar a locução conjuntiva, que se caracteriza pela junção de dois termos que praticam a função de conjunção. São alguns exemplos: assim que, desde que, logo que, antes que, ainda que, uma vez que

Por exemplo: “Te levarei tomar um sorvete, desde que você termine seu dever de casa.”

Classificação das conjunções

As conjunções podem ser divididas em dois tipos distintos, pois dependem da relação que estabelecem entre as orações. São elas as Coordenativas e as Subordinativas :

O primeiro caso se conceitua como o tipo de conjunção que liga duas orações independentes, ou seja, os elementos que são conectados por uma conjunção podem ser separados um do outro, sem causar qualquer problema no sentido que estes elementos possuem.

Dentro destas conjunções coordenativas, há ainda a seguinte divisão:

  • Aditivas: são as conjunções que têm como finalidade ligar orações expressando a ideia de adição ou acrescentamento. São elas: e, nem (= e não), não só... mas também; não só... bem como; como também, assim como, não só... mas ainda.

Exemplo de frases:

“Seu trabalho foi não só objetivo, mas também muito eficiente.”

Adversativas: são as conjunções que têm como finalidade ligar orações expressando oposição, contraste ou compensação. São elas: não obstante, mas, no entanto, contudo, entretanto, todavia, porém.

Exemplo de frases:

“Corri o máximo que pude, mas perdi o ônibus!”

  • Alternativas: são as conjunções que têm como finalidade ligar orações expressando escolha ou conceito de alternância, de modo que se indique que os fatos se realizem de forma separada. São elas: ou, ou...ou, já...já, talvez...talvez, ora...ora, quer...quer, seja...seja.

Exemplo de frases:

“Decida-se: ou você escolhe um livro ou uma agenda. Não posso dar-lhe os dois agora.”

  • Conclusivas: são as conjunções que têm como finalidade ligar orações expressando o conceito de conclusão ou de consequência. São elas: logo, pois (após o verbo), por conseguinte, portanto, por isso, assim.

Exemplo de frases:

“Maria não estudou para o teste, porém ela conseguiu uma nota acima da média.”

  • Explicativas: são as conjunções que têm como finalidade ligar orações expressando razão e motivo, isto é, é uma oração que estará ligada com outra que explica a ideia contida da oração inicial. São elas: que, porque, pois (antes do verbo), porquanto.

Exemplo de frases:

“Procure estudar sempre, pois é extremamente importante para seu futuro.”

Ao contrário das conjunções coordenativas, as conjunções subordinativas conectam duas orações, onde uma depende da outra. Esse tipo se divide em dois tipos principais:

  • Integrante: são as que procuram completar ou integrar o sentido da oração principal. São elas: que, se.

Por exemplo: “Espero que você volte logo.”

  • Adverbiais: são as conjunções que apontam que a oração subordinada introduzida por elas terá a posição de adjunto adverbial da primeira oração.

As conjunções adverbiais estão classificadas em:

  • Causais: como, porque, que (= porque, no começo da frase), pois que, visto que, etc.,
  • Comparativas: como, assim como, tal como, como se, tanto como, tanto quanto, do que, tanto, tal qual, que nem, etc.,
  • Concessivas: embora, apesar de que, ainda que, se bem que, mesmo que, por mais que, conquanto, etc.,
  • Condicionais: se, caso, salvo se, a não ser que, desde que, contanto que, etc.,
  • Conformativas: conforme, consoante, segundo, como (= conforme), etc.,
  • Consecutivas: de forma que, de jeito que, de modo que, de sorte que, etc.,
  • Temporais: porque, a fim de que, para que, etc., e
  • Proporcionais: à medida que, à proporção que, quanto menos... (mais), quanto menos... (menos), entre outras.
O significado de Conjunção está na categoria Língua Portuguesa

O que você achou deste artigo ?

Am e Pm | Amizade Colorida | Conjunção | Siglas Crepúsculo