Significado de Ionizante


O que é Ionizante



Ionizante é um adjetivo de língua portuguesa surgido a partir do verbo ionizar, que vem da palavra ion.

Íon é uma palavra que veio do grego ἰών, que quer dizer “aquele que vai”. Na verdade, íon, em português, é palavra utilizada no âmbito da Física para representar uma partícula eletricamente carregada, tendo perdido ou ganhado elétrons.

O que significa ionizante

O adjetivo ionizante indica a capacidade de ionizar, ou seja, de induzir a formação de íons ou de formar íons.

A ionização é um fenômeno que ocorre de modo natural na presença de um elemento ionizante. Em estado normal, todos os átomos são neutros, mas os elementos ionizantes fazem com que eles percam ou ganhem elétrons, transformando-se, assim, em íons.

Então, uma partícula ionizadora possui poder ionizande, ou seja, tem a capacidade de modificar outro elemento, tornando-o ionizado através do acréscimo ou da retirada de elétrons. Quando o elemento perde elétrons ele é um íon chamado de cátion, pois fica com carga positiva. Já quando um elemento ganha eletros, ele é um íon nominado de ânion, possuidor de carga negativa.

Uma grande carga ionizante ou uma radiação ionizante, ao atingir um ser vivente, pode comprometer sua saúde e até mesmo sua existência, pois as alterações moleculares podem ser gravíssimas e levar a óbito.

Radiação ionizante e não ionizante

Como dito anteriormente, muitos elementos podem ser ionizantes, dentre eles, a radiação. A radiação ionizante possui muito mais força do que a não ionizante, pois uma reação de ionização necessita que a parte ionizadora tenha força suficiente para retirar ou adicionar elétrons em um outro elemento.

A radiação ionizante começou a ser utilizada no final do século XIX, em específico na área médica. Seu objetivo era tratar determinadas doenças. Ela ainda é utilizada na medicina atual, pois a radioterapia faz uso de radiação ionizante para tratar tumores de todos os tipos.

Embora a radiação ionizante possa ser utilizada para benefício da saúde humana, é importantíssimo lembrar que ela deve ser utilizada apenas por profissionais, pois eles sabem o limite ao qual um ser humano pode ser exposto sem prejuízo de sua saúde.

Há diversos tipos de radiação ionizante, sendo os mais comuns os raios-x, os raios alfa e os raios gama. Como os raios-x são ionizantes, é importante que todo aquele que opera aparelhos de raio-x trabalhe com a proteção adequada.

As radiações não ionizantes são as formas mais leves utilizadas no cotidiano, como os raios infravermelhos, as micro-ondas e as radiações emitidas por celulares.

O que você achou deste artigo ?

Am e Pm | Amizade Colorida | Ionizante | Siglas Layout